Central de agendamentos​ (unidades I e II)

Tels: 2387-3567

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Psiquiatria

A especialidade

Muitos ficam ansiosos se têm que falar na frente de um público ou socializar com os outros. Se a ansiedade se torna uma deficiência, isso pode significar que a pessoa sofre de fobia social, que é um transtorno psiquiátrico
 

Mais comum do que imaginamos, se sentir ansioso é quase que um hábito. Isso porque, para a maioria das pessoas, as 24h do dia não são suficientes e o cotidiano acaba se transformando em uma corrida contra o tempo. No entanto, é preciso tomar cuidado para essa ansiedade não se agravar, pois pode se transformar em uma síndrome do pânico.

 

Segundo dados do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (IPq – HCFMUSP), 10% da população pode sofrer crises sem motivo aparente, denominadas crises de pânico. Cerca de 3,5% dessas pessoas sofrem ataques repetidos, o que pode causar alterações no comportamento e um medo intenso.

Compulsão alimentar é uma doença mental em que a pessoa sente a necessidade de comer, mesmo quando não está com fome, e que não deixa de se alimentar apesar de já estar satisfeita. Pessoas com compulsão alimentar comem grandes quantidades de alimentos em pouco tempo. Durante o episódio de compulsão a pessoa sente perda de controle.

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, entre os sintomas, há presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima, que aparecem com frequência e podem combinar-se entre si. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado.

A insônia é um distúrbio persistente que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, ainda, de permanecer dormindo durante toda a noite. Pessoas com insônia geralmente começam o dia já se sentindo cansadas, têm problemas de humor e falta de energia e têm o desempenho no trabalho ou nos estudos prejudicado por causa deste distúrbio. A qualidade de vida da pessoa, em geral, costuma ficar comprometida pela insônia.

Os transtornos de humor são distúrbios emocionais que consistem em períodos prolongados de tristeza e/ou felicidade excessiva. Eles são diagnosticados quando a tristeza ou a elação é intensa e persistente e é acompanhada de quantidade determinada de outros sintomas de humor. Em tais casos, a tristeza intensa é chamada depressão e a elação intensa é chamada mania. Os transtornos depressivos são caracterizados por depressão; transtornos bipolares são caracterizados por combinações variáveis de depressão e mania.

O transtorno do estresse pós-traumático (TSPT) compreende um conjunto de sintomas físicos e emocionais ligados à ansiedade e que ocorre após um evento psicologicamente estressante (eventos traumáticos). Atualmente é o quinto transtorno mental mais comum.

Os eventos traumáticos que podem desencadear o "TSPT" podem ocorrer em qualquer momento da vida de uma pessoa. Acredita-se que pelo menos 60% dos homens e 50% das mulheres experimentam pelo menos um evento traumático durante a vida. Agressão (física ou sexual), assalto, seqüestro, ataque terrorista, tortura, encarceramento, acidentes automobilísticos, diagnóstico de doença que ameace a vida, combate militar, são exemplos de eventos traumáticos que podem levar ao "TSPT". Eventos que ocorreram com outras pessoas e dos quais se têm conhecimento, como presenciar agressão física ou acidente de algum parente; ser informado de que o filho apresenta uma doença séria que ameace a vida, também podem levar ao surgimento do "TSPT".